‘Juízes devem ser olimpicamente independentes’, diz Fux

  • Por Jovem Pan
  • 18/06/2019 06h50
Fátima Meira/Estadão ConteúdoDeclaração foi feita durante evento no RJ, mas aos jornalistas ministro não quis se aprofundar no caso de Sergio Moro

Juízes devem ser olimpicamente independentes, afirmou nesta segunda-feira (17) o vice-presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro da Corte Suprema, Luiz Fux.

A declaração foi dada durante um evento no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro e acontece em meio a divulgações feitas na semana passada pelo site The Intercept com supostas conversas entre procuradores da Lava Jato e ex-juiz Sergio Moro, agora ministro da Justiça.

Aos jornalistas, Fux preferiu não polemizar, não fazer nenhum comentário sobre as supostas conversas divulgadas na semana passada até porque, segundo o ministro, tem profundo respeito e admiração pelo ex-juiz.

“Não pode ficar sujeito a nenhum tipo de pressão porque a partir do momento em que ele toma posse inicia-se a sua plena independência jurídica. (…) Esse caso eu não quero comentar até porque tenho profundo respeito por esse magistrado e não quero interferir na independência dele, assim como não gostaria que ele comentasse qualquer atividade minha”, disse Fux.

A veracidade das conversas e a legalidade das supostas trocas de mensagens estão sendo analisadas pelas autoridades competentes.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga