Quarto acusado de participar de chacina em Osasco e Barueri será julgado em fevereiro

  • Por Jovem Pan
  • 15/12/2017 06h41
Rovena Rosa/Agência BrasilO policial militar Victor Cristilder dos Santos será julgado separadamente dos outros três acusados porque recorreu numa fase preliminar do processo

O quarto acusado de participação na chacina de Osasco e Barueri em 2015 vai a julgamento em 26 de fevereiro.

O policial militar Victor Cristilder dos Santos é o único dos réus que ainda aguarda a sentença do tribunal do júri. Ele será julgado separadamente dos outros três acusados porque recorreu numa fase preliminar do processo e o caso dele foi desmembrado.

Em setembro, os PMs Fabrício Eleutério e Thiago Henklain e o guarda municipal Sérgio Manhanhã foram condenados por participação nos crimes.

Somadas, as penas dos três ultrapassaram 600 anos de prisão.

A chacina de Osasco e Barueri aconteceu em 13 de agosto de 2015. A onda de crimes deixou 17 mortos e sete feridos.

Os assassinatos teriam ocorrido por vingança pelas mortes de um PM e de um guarda municipal de Barueri dias antes.

O policial militar Victor Cristilder responde por 12 homicídios e quatro tentativas de homicídio.

*Informações do repórter Tiago Muniz