Justiça decreta prisão preventiva de 159 detidos em operação contra a milícia no RJ

  • Por Jovem Pan
  • 10/04/2018 07h13
EFE/Antonio LacerdaOs detidos foram encaminhados para o Complexo de Bangu. Três militares das Forças Armadas estavam na festa e atuariam para os milicianos

Justiça decreta a prisão de suspeitos de ligação com milícias na Zona Oeste que foram presos no final de semana. O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro decretou nesta segunda-feira (09) a prisão preventiva de 159 pessoas suspeitas de ligação com a milícia conhecida como “Liga da Justiça”, que atua em bairros da zona oeste da capital. Anteriormente eram 142 detidos, mas a Polícia confirmou mais tarde que o número havia aumentado.

As prisões ocorreram no último fim de semana em festa em sítio em Santa Cruz. Houve resistência na chegada da Polícia, quatro milicianos morreram e os quase 160 foram detidos, inclusive, sete menores de idade.

Os detidos foram encaminhados para o Complexo de Bangu. Três militares das Forças Armadas estavam na festa e atuariam para os milicianos – dois do Exército e um da Aeronáutica. O chefe da milícia estava na festa, mas conseguiu escapar. O portal dos Procurados já distribuiu a foto dele nas redes sociais e recompensa de R$ 2 mil para quem tiver informações sobre seu paradeiro.

*Informações do repórter Rodrigo Viga