Justiça decreta prisão preventiva de motorista que atropelou e matou dois adolescentes em SP

  • Por Jovem Pan
  • 23/10/2017 07h50
Reprodução/Google MapsOs dois amigos partilhavam a mesma bicicleta quando o acidente aconteceu na avenida Nossa Senhora do Sabará, na Vila São Pedro

A Justiça decretou a prisão preventiva do motorista que atropelou e matou dois adolescentes na Zona Sul de São Paulo.

Leonardo Aktypis Silva dirigia um carro na noite de sexta-feira (20) quando atingiu Vítor Manuel Gomes da Silva e Vítor Luiz da Silva, ambos de 17 anos. Os dois amigos partilhavam a mesma bicicleta quando o acidente aconteceu na avenida Nossa Senhora do Sabará, na Vila São Pedro.

Com o impacto, os dois jovens foram arremessados para baixo de um ônibus e não resistiram aos ferimentos.

Leonardo Aktypis Silva foi detido e encaminhado ao 11º Distrito Policial de São Paulo, em Santo Amaro. Ele apresentava sinais de embriaguez, mas se negou a fazer o teste do bafômetro.

Na manhã de sábado, ele foi submetido a audiência de custódia e a juíza Juliana Trajano de Freitas Barão converteu a prisão em flagrante em preventiva.

O atropelador disse à magistrada que tomou dois copos de chopp às cinco da tarde e que o acidente aconteceu às onze da noite.

Silva afirmou ainda que tinha a carteira de habilitação suspensa por excesso de multas.

A juíza afirmou que as duas pessoas foram mortas “em razão da aparente conduta egoísta” do preso “que dirigia embriagado e em altíssima velocidade.”

A magistrada também disse que a perda da carteira de habilitação sugere que “a despreocupação com a vida de terceiros é recorrente.”

Leonardo Aktypis Silva pode ficar preso por tempo indeterminado até o julgamento do crime.

*Informações do repórter Tiago Muniz