Justiça mantém prisão de homem que abandonou bebê em estação da CPTM

  • Por Jovem Pan
  • 08/11/2017 06h15 - Atualizado em 08/11/2017 10h31
Edson Lopes Jr/A2 FOTOGRAFIACâmeras de segurança mostram o pai com a bebê no colo e depois saindo correndo ao deixá-la no chão, próximo a uma pilastra

A Justiça de São Paulo decretou nesta terça-feira (07) a prisão preventiva de Nailton de Jesus Azevedo, após ter abandonado a filha de 3 meses na estação Brás da CPTM.

O fato ocorreu na segunda-feira e foi flagrado por outros passageiros que estavam na estação. Câmeras de segurança mostram o pai com a bebê no colo e depois saindo correndo ao deixá-la no chão, próximo a uma pilastra.

Os passageiros pegaram a criança e avisaram agentes de segurança da estação que detiveram Nailton.

Ele tentou negar qualquer parentesco com a criança, mas a certidão de nascimento do bebê foi encontrada em seu bolso.

O caso foi registrado na Delegacia do Metropolitano, no Terminal Barra Funda, e Nailton foi preso por abandono de incapaz, sendo levado ao 2º Distrito Policial do Bom Retiro.

Nailton é casado e pai de três filhos, sendo a bebê fruto de uma relação extraconjugal. A mãe, em depoimento à Polícia, disse que entregou a filha ao pai por não ter condições de criá-la.

A mulher foi liberada e o conselho tutelar acompanha o caso para garantir um abrigo provisório para a criança, que deve ser entregue à adoção.

*Informações do repórter Fernando Martins