Kassab diz que “circunstâncias” inviabilizam candidatura de Meirelles pelo PSD

  • Por Jovem Pan
  • 12/03/2018 09h21
Renato Barcellos/Jovem Pan"Se é sonho de vida ser candidato, não podemos deixar de ter ele essa decisão. Se não for viável a candidatura, ele precisa avaliar bem”, disse

Filiado ao PSD, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, via no partido sua chance de sair como candidato à Presidência da República. Entretanto, em conversas recentes, o partido, através de seu presidente licenciado, Gilberto Kassab, apontou que o caminho da sigla será o apoio à candidatura de Geraldo Alckmin (PSDB).

Em entrevista exclusiva ao Jornal da Manhã, o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, exaltou o trabalho de Meirelles, mas lembrou que o PSD não tem musculatura política para lançar um candidato próprio ao Palácio do Planalto.

“Nos próximos dias teremos uma conversa com Meirelles. Nossa conversa é franca. ele faz um extraordinário serviço, mas as circunstâncias e não suas qualidades, talvez limitem a viabilidade da sua candidatura. E o PSD não tem musculatura suficiente”, disse.

Segundo Kassab, o ministro da Fazenda merece o respeito do partido, mas a “aliança com o PSDB cada vez mais é a tendência do partido”.

Questionado se seria um erro Meirelles se desincompatibilizar do Governo de Michel Temer mesmo não sendo pré-candidato pelo PSD, Kassab afirmou: “é difícil dar conselho para ele neste momento. Ele tem longa história de contribuição. Se é sonho de vida ser candidato, não podemos deixar de ter ele essa decisão. Se não for viável a candidatura, ele precisa avaliar bem”.

Confira a entrevista completa com o ministro Gilberto Kassab: