Laudo indica que tiro de arma de fogo foi disparado contra gabinete de Fernando Holiday

  • Por Jovem Pan
  • 26/02/2019 06h58 - Atualizado em 26/02/2019 10h27
Reprodução/TwitterAo receber o resultado da perícia, o vereador afirmou que o ocorrido foi um atentado contra a democracia

A perícia feita pela Polícia Civil indica que o gabinete do vereador paulistano, Fernando Holiday, do Democratas, foi alvo de tiro em dezembro do ano passado.

Segundo o laudo, a marca que ficou no vidro “tinha as características compatíveis com a possibilidade de ter sido causada por projétil disparado por arma de fogo”, “de fora para dentro” da Câmara dos Vereadores.

Ao receber o resultado da perícia, o vereador afirmou que o ocorrido foi um atentado contra a democracia.

O caso

No dia 26 de dezembro do ano passado, o gabinete de Fernando Holiday foi atingido após uma tumultuada sessão da Câmara dos Vereadores, em que foi aprovada a reforma da Previdência municipal. O disparo teria ocorrido após ele ir à janela acenar para manifestantes contrários ao projeto.

*Informações do repórter Afonso Marangoni