Leilão de itens de luxo de Eike e Cabral fracassa e nova data é marcada

  • Por Jovem Pan
  • 05/07/2019 07h38
ReproduçãoNo total, apenas dois bens foram vendidos, arrecadando R$ 90 mil

O leilão de bens de alto luxo que pertenciam ao ex-bilionário brasileiro Eike Batista e ao ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, realizado pela a Justiça Federal do Rio de Janeiro, fracassou nesta quinta-feira (4). Dos dez lotes colocados à venda, apenas dois foram vendidos.

Entre os lotes que poderiam ter sido arrematados havia imóveis, embarcações e veículos, mas só o jet boat e o jet ski foram vendidos, por pouco mais que R$ 90 mil reais. No total, os dez lotes valiam mais de R$ 12 milhões e continham bens de altíssimo luxo, como a famosa Lamborghini de Eike, que ele mantinha na sala de sua mansão, no Jardim Botânico, Zona Sul da capital carioca.

A espécie de objeto de decoração estava avilada em R$ 2.240 milhões. Também não foram vendidas duas embarcações de alto luxo, uma de Eike, a Spirit of Brazil, orçada em R$ 3.5 milhões; e a Ferreti 80, que pertenceu à Cabral.

Um novo leilão para tentar vender esses bens está programado para o próximo da 18. A expectativa é que haja mais interessados, uma vez que valores vão cair em torno de 20%.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga