Líder do Governo indica que horário de verão deve ser mantido neste ano

  • Por Jovem Pan
  • 25/09/2017 06h17 - Atualizado em 25/09/2017 11h28
O horário de verão deste ano está previsto para começar no dia 15 de outubro e terminar em 17 de fevereiro

O horário de verão deve ser mantido neste ano. Pelo menos foi o que falou o líder do Governo na Câmara, o deputado Aguinaldo Ribeiro (PP). Segundo ele, a tendência é que a mudança nos relógios continue, “até por fazer parte da cultura do brasileiro, e por prudência”, mas ele ressaltou que a decisão final ainda não foi tomada.

A declaração foi dita após uma reunião de líderes da base e ministros com o presidente Michel Temer, no Palácio do Jaburu. Nas últimas semanas, o Governo vem discutindo a possibilidade de extinguir o horário de verão.

Estudos do Ministério de Minas e Energia concluíram que, hoje em dia, ele causa pouco efeito na economia de energia. No ano passado, por exemplo, foram economizados R$ 159 milhões no sistema elétrico, valor considerado muito baixo no setor.

Segundo os dados, o que influencia no consumo de energia não é mais a incidência de luz solar, mas sim a temperatura. Por isso, os picos de consumo deixaram de ser no fim da tarde.

O horário de verão deste ano está previsto para começar no dia 15 de outubro e terminar em 17 de fevereiro. Os relógios devem ser adiantados em uma hora em dez Estados das regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste, mais o Distrito Federal.

*Informações do repórter Levy Guimarães