Linha de monotrilho vai ligar CPTM aos terminais do aeroporto de Guarulhos

  • Por Jovem Pan
  • 29/05/2019 08h02 - Atualizado em 29/05/2019 09h02
Estadão ConteúdoO monotrilho será composto por dois trens, com dois ou três vagões cada

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou nesta terça-feira a construção de um monotrilho que vai ligar a estação Aeroporto Guarulhos da CPTM aos terminais de embarque do aeroporto internacional.

A linha, que também vai interligar os terminais 1, 2 e 3 do aeroporto, vai atender aos usuários de forma gratuita

Hoje os passageiros que desembarcam na estação Aeroporto Guarulhos, da linha 13 – Jade da CPTM, ficam longe das áreas de embarque, sendo necessário pegar um ônibus até os terminais.

A construção da linha terá início em setembro deste ano, com a promessa de se encerrarem até maio de 2021.  João Doria destaca que o tempo de viagem até os terminais do aeroporto será otimizado. “O trecho da Avenida Paulista até o Aeroportoo será de 52 minutos”, disse.

As obras do novo monotrilho estão orçadas em cerca de 175 milhões de reais e o investimento será da concessionária responsável pelo aeroporto, a GRU Airport.

Os custos da instalação e operação dos trens serão descontados da outorga de concessão do aeroporto, cerca de 1 bilhão de reais pagos pela GRU anualmente ao governo federal.

Após o fim da concessão, de cerca de 30 anos, a linha será de propriedade da União, assim como o espaço do aeroporto.

Para o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, o investimento federal vale a pena.  “Se torna, no final das contas, um bem do aeroporto. Isso valoriza o equipamento e melhora a experiência do usuário”, diz.

O monotrilho será composto por dois trens, com dois ou três vagões cada.  A linha que vai operar em Guarulhos será uma versão mais leve do monotrilho que existe na cidade de São Paulo, tendo capacidade para cerca de 2 mil passageiros por hora.  O funcionamento será em tempo integral.

*As informações são da repórter Victoria Abel