Livro mostra que Brasil foi espionado pela CIA durante a Segunda Guerra

  • Por Jovem Pan
  • 02/09/2017 15h35 - Atualizado em 02/09/2017 15h36
Presidente Getúlio Vargas preocupava norte-americanos

Bem antes da espionagem de Edward Snowden e da era da internet, os americanos já tinham métodos para obter informações de outros países.

Quase ninguém sabe, mas durante a Segunda Guerra Mundial, o Brasil passou sofrer uma espécie de acompanhamento da CIA por meio dos adidos trabalhistas.

O relato está nas páginas do livro “Olhos e Ouvidos dos Estados Unidos” que será lançado na terça-feira (5) pelo historiador Eduardo José Afonso, da Unesp.

Com sonoplastia de Reginaldo Lopes, ouça a reportagem de Thiago Uberreich:

O livro de Eduardo José Afonso será lançado na terça-feira, dia 5, na Martins Fontes da Avenida Paulista. A obra “Olhos e Ouvidos dos Estados Unidos” conta a história da ação dos adidos trabalhistas no Brasil.