Lula diz que PT não quer ser ‘Maria vai com as outras’ em manifestações

  • Por Jovem Pan
  • 02/06/2020 06h25
GABRIELA BILÓ/ESTADÃO CONTEÚDOO ex-presidente também afirmou que não dá para aceitar a ideia de que as eleições de 2018 foram amplamente democráticas

Lula afirma que o Partidos dos Trabalhadores (PT)  não pode ser ‘Maria vai com as outras’ ao participar de manifestações contra o governo. O ex-presidente deu a declaração nesta segunda-feira (1º) durante uma reunião do partido por videoconferência.

De acordo com Lula, as movimentações anti-Bolsonaro tem apresentado pouca coisa de interesse da classe dos trabalhadores. Para o ex-presidente, há um interesse muito grande da elite brasileira em isolar o PT.

O ex-presidente também afirmou que não dá para aceitar a ideia de que as eleições de 2018 foram amplamente democráticas. Segundo lula, a vitória de Jair Bolsonaro nas urnas é resultado de um processo ilegal a partir do impeachment de Dilma Rousseff.

Além de Lula, participaram da videoconferência a ex-presidente Dilma Rousseff, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad e a presidente do PT, Gleisi Hoffman.

A pauta do encontro foi a atuação do partido na crise do coronavírus e a situação dos Estados.

*Com informações do repórter Vinícius Moura