Macri diz que Argentina receberá mais apoio do FMI

  • Por Jovem Pan
  • 25/09/2018 08h10
EFEDurante entrevista a um canal de TV dos Estados Unidos, o mandatário destacou que está próximo de fechar acordo com FMI

Presidente da Argentina, Mauricio Macri disse que o país receberá mais apoio do Fundo Monetário Internacional.

Durante entrevista a um canal de TV dos Estados Unidos, o mandatário destacou que está próximo de fechar acordo com FMI, e que não há a menor chance de a nação sul-americana dar default na dívida externa em 2019.

Em junho, a Argentina fechou um acordo de financiamento de 50 bilhões de dólares. A crise se instalou depois de uma seca que prejudicou o setor de exportação de grãos do país, que se somou à desvalorização do peso, a moeda local.

Macri acredita que as condições climáticas e econômicas melhores poderiam levar a novos níveis de produção, encurtando o período de dificuldades.

Para o presidente da Argentina, com a recuperação das exportações, a recessão deve durar, no máximo, mais cinco meses.

*Informações do repórter Matheus Meirelles