Macron recebe Putin e presidentes trocam farpas antes da reunião do G7

  • Por Jovem Pan
  • 20/08/2019 08h29
EFEMacron espera que Putin aproveite a oportunidade dada ao diálogo pelo novo presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky

O presidente russo Vladimir Putin e o presidente francês Emmanuel Macron, mostraram boa vontade para melhorar as relações entre Rússia e Europa, principalmente no caso da Ucrânia. Macron espera que Putin aproveite a oportunidade dada ao diálogo pelo novo presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky. O presidente russo se mostrou interessado e otimista em solucionar esse problema.

Emmanuel Macron questionou Putin sobre a situação interna da Rússia, onde as autoridades impediram candidatos da oposição de concorrerem à eleição para o Legislativo em setembro. O presidente francês pediu liberdade de protesto, liberdade de expressão e de concorrer as eleições, que deveriam ser respeitadas, como são em qualquer membro do Conselho da Europa.

Depois de ignorar o comentário de Macron num primeiro momento, Putin disse que as coisas estão sendo tratadas de acordo com a lei, e que não quer que a situação tome um rumo como o da França, onde os coletes amarelos protestam toda semana desde o final do ano passado.

Síria

Como os dois líderes pensam muito diferente, também houve alfinetadas e divergência de ideias quando tocaram nos assuntos manifestações e guerra na Síria.

Emmanuel Macron pediu que o cessar-fogo em Idlib noroeste da Síria seja respeitado e o presidente russo reafirmou que Moscou vai continuar apoiando o exército sírio no seu combate contra as ameaças terroristas.

O presidente francês vai presidir a reunião do G7, que acontece em Biarritz no final de semana. Desde a anexação da Crimeia, em 2014, a Rússia não participa da cúpula.

*Com informações do repórter Victor Moraes