Maia critica participação de Bolsonaro nas manifestações de domingo

  • Por Jovem Pan
  • 02/06/2020 06h11
Cleia Viana/Câmara dos DeputadosPara ele, o ideal seria que todos ficassem em casa durante a pandemia da Covid-19

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia ,criticou a participação do presidente Jair Bolsonaro nas manifestações do último domingo (31), em Brasília.

Ele ponderou que na semana anterior, quando Bolsonaro também esteve presente em um ato, não havia ataques ao Supremo Tribunal Federal (STF) ou ao Congresso Nacional, mas disse que nesse caso houve pedidos de intervenção militar e fechamento de outros Poderes.

O presidente da Câmara também não poupou críticas ao ministro da Defesa Fernando Azevedo e Silva, que, junto com Bolsonaro, sobrevoou de helicóptero as manifestações pró-governo de domingo.

Maia também comentou os protestos da Avenida Paulista intitulados antifascistas. Para ele, o ideal seria que todos ficassem em casa durante a pandemia da Covid-19, mas apontou o movimento como uma reação natural aos atos em apoio ao governo e, na visão dele, isso pode gerar conflitos.

Por outro lado, o presidente da Câmara classificou como ‘inaceitável’ a manifestação, que aconteceu em frente ao Supremo Tribunal Federal (STF), de um grupo que usava tochas. Maia disse, porém, que não vê risco de uma ruptura democrática no país. Apesar dele considerar parte das manifestações como antidemocráticas, na visão do deputado, isso não encontra respaldo nas Forças Armadas.

*Com informações do repórter Levy Guimarães