Maia diz que espera análise do STF para colocar tema do auxílio-moradia na pauta

  • Por Jovem Pan
  • 14/02/2018 07h11 - Atualizado em 14/02/2018 07h12
Antonio Cruz/Agência BrasilSegundo Maia a expectativa é que o Supremo Tribunal Federal analise a questão no mês que vem e em seguida o Congresso trabalhará na definição das novas regras

O presidente da Câmara, o deputado Rodrigo Maia, voltou a dizer nesta terça-feira (13) que espera que até março o Congresso possa se debruçar sobre a regulamentação do auxílio-moradia. Ele foi questionado sobre os valores pagos pelo Judiciário.

Segundo Maia a expectativa é que o Supremo Tribunal Federal analise a questão no mês que vem e em seguida o Congresso trabalhará na definição das novas regras. “Quem tem direito ao auxílio-moradia? Só aqueles que trabalham em trânsito, mais ninguém”, esclareceu.

Maia ainda se irritou quando perguntado sobre aposentadoria de parlamentares. Em meio à discussão em torno da reforma da Previdência, o presidente da Câmara garantiu que desde 1997 as regras para os parlamentares são mais rígidas e que se a reforma for aprovada eles só irão se aposentar aos 60 anos com 35 de contribuição, sem qualquer tipo de pedágio ou regra de transição.

*Informações da repórter Luciana Verdolin