Maior competição das Américas, Rally dos Sertões terá zero carbono e eletrificação

Com 10 dias de duração e 5 mil km a serem percorridos, a 29ª edição tem largada prevista para o dia 13 de agosto no Rio Grande do Norte

  • Por Jovem Pan
  • 20/03/2021 08h47 - Atualizado em 22/03/2021 09h08
Mídias Sociais/Rally dos SertõesSerá lançado o primeiro UTV híbrido

Algumas vitórias em provas isoladas do automobilismo mundial são mais importantes até mesmo do que a conquista do próprio campeonato. É assim com as 500 Milhas de Indianápolis, Rali Dakar e, no Brasil, com os Sertões, maior rally das Américas. São momentos únicos que consagram os seus vencedores como verdadeiros deuses no Olimpo das competições. Algumas dessas grandes conquistas acontecem também nos bastidores da prova, antes mesmo da competição ter início. A CBMM, líder mundial de produção e comercialização de produtos de nióbio, e o Rally dos Sertões fecharam uma parceria campeã que prevê desenvolvimento tecnológico e soluções no segmento automotivo, buscando alternativas cada vez mais sustentáveis para a competição.

As prioridades dos Sertões vão muito além da competição. Joaquim Monteiro Carvalho, CEO dos Sertões, reforça a forte preocupação do evento com responsabilidade social, meio ambiente e zero emissão de carbono. “E esse ano a gente vem com mais uma inovação, vamos passar a chamar os Sertões de o Rally da Sustentabilidade, e tem duas ações que dão muito orgulho para a gente. A primeira é que vamos lançar o primeiro UTV híbrido, made in Brasil, nos Sertões, desenvolvido com a CBMM e com a Giaffone. Um UTV que tem o motor elétrico e a álcool, então é algo bastante inovador. A segunda ação será o primeiro rali do mundo com carbono zero. Através da MOSS, que é uma plataforma de negociação de carbono, estamos zerando o carbono dos carros da competição, da organização e do apoio”, explica.

Contradição no desenvolvimento de tecnologia mais sustentáveis e fornecimento de tecnologia de ponta aos setores de infraestrutura, mobilidade, aeronáutica e energia, a CBMM encontrou nos Sertões uma grande energia com a sua estratégia em investir em multiplataformas que agregam inovação e legado socioambiental, conforme explica o head de marketing e comunicação da empresa, Juliano Fernandes. “Para nós, é um motivo de muito orgulho, poder fazer o anúncio dessa parceria com os Sertões, aquele que é agora o Rally da Sustentabilidade. Não somente na frente de tecnologia, podendo trazer inovação feita no Brasil, como o primeiro veículo híbrido movido a eletricidade e etanol. Mas também na frente de legado, podendo, através da união de empresas brasileiras, ajudar na formação técnica e cultural de brasileiros, usando o roteiro oficial dessa plataforma que é os Sertões.” Pela primeira vez, os Sertões será disputado totalmente no Nordeste, um percursos genuinamente sertanejo, tendo o seu maior trecho na caatinga, único bioma 100% brasileiro. Com 10 dias de duração e 5 mil km a serem percorridos, a 29ª edição do maior rali das Américas tem largada prevista para o dia 13 de agosto no Rio Grande do Norte.

* Com informações de Alex Ruffo