Maior raio do mundo, com 709 km de extensão, é registrado no Brasil

As descobertas destacam importantes preocupações de segurança pública contra raios

  • Por Jovem Pan
  • 27/06/2020 08h59
Marcelo Casall Jr/Agência BrasilO recorde foi anunciado nesta sexta-feira (26) pela Organização Meteorológica Mundial, agência vinculada à ONU

O Brasil entrou para a história da meteorologia mundial ao registrar o maior raio do mundo. O recorde foi anunciado nesta sexta-feira (26) pela Organização Meteorológica Mundial, agência vinculada à ONU. O fenômeno chamado de megaflash percorreu uma extensão horizontal de 709 quilômetros no dia 31 de outubro de 2018, no Sul do país.

O raio se desenvolveu na região da fronteira com a Argentina, cruzou o Rio Grande do Sul e se estendeu até o sul de Santa Catarina, nas proximidades do município de Tubarão. A organização também relatou que o recorde de raio com duração mais longa é da Argentina, com 16,73 segundos, no dia 4 de março do ano passado.

As descobertas destacam importantes preocupações de segurança pública contra raios. Cerca de 78 milhões descargas elétricas caem todos os anos no Brasil. Um estudo do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, aponta que a cidade de São Paulo teve uma redução de 20% na incidência de raios durante o início da quarentena.

De acordo com o meteorologista Willians Bini, o motivo foi a queda na emissão de poluentes na atmosfera. De 2000 a 2019, mais de 2.190 pessoas morreram no Brasil por incidência de raios. Os recordes da Organização Meteorológica Mundial foram publicados dias antes do Dia Internacional da Segurança contra Raios, comemorado em 28 de junho.

*Com informações da repórter Lívia Fernanda