Mais de 200 detentos são presos pela Polícia Militar em São Paulo após saída de fim de ano

Presos foram reconduzidos imediatamente para as penitenciárias mais próximas após constatação do descumprimento das medidas impostas pelo Poder Judiciário 

  • Por Jovem Pan
  • 28/12/2023 06h49 - Atualizado em 28/12/2023 09h12
Divulgação/Polícia Militar Agentes da Rota prenderam homem no Centro de SP Saída temporária é um benefício previsto na Lei de Execução Penal

A Polícia Militar de São Paulo efetuou a prisão de 201 detentos que foram beneficiados recentemente com a saída temporária de fim de ano. A ação foi realizada pelo descumprimento das medidas impostas pelo Poder Judiciário. Após a constatação da irregularidade, os detentos foram reconduzidos imediatamente para as penitenciárias mais próximas. A saída temporária é um benefício previsto na Lei de Execução Penal e é concedido a todos os detentos que apresentem bom comportamento, estejam em regime semiaberto e que não tenham sido condenados por crimes hediondos. Um projeto já aprovado na Câmara, e que ainda aguarda análise do Senado, pretende acabar com a “saidinhas”. A previsão é de que a medida seja votada no começo de 2024.

*Com informações da repórter Letícia Miyamoto

 

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.