Mais de 50% do eleitorado considera votar em “outsiders” em 2018, aponta pesquisa

  • Por Jovem Pan
  • 22/11/2017 08h03
Nelson Jr./ ASICS/ TSESobre a possibilidade de votar em um estreante na política, 54,7% dos entrevistados colocaram como “muito alta” e “alta” as chances de votar em "outsiders"

Em um levantamento inédito realizado pelo Instituto Paraná Pesquisas observou-se a intenção de voto dos eleitores em personalidades fora da política para as eleições de 2018, os chamados “outsiders”.

Em uma pesquisa estimulada, o juiz federal Sergio Moro aparece com 35,5% dos votos, seguido do ex-ministro do Supremo Joaquim Barbosa (11,1%), Luciano Huck (10,8%), o procurador da República Deltan Dallagnol (6%), o jurista Modesto Carvalhosa (2,1%) e Valéria Monteiro (0,3%). Os que não sabiam em quem votar entre os nomes representaram 4,6% dos entrevistados.

Sobre a possibilidade de votar em um estreante na política, 54,7% dos entrevistados colocaram como “muito alta” e “alta” as chances de votar em “outsiders”, mostrando o pedido da sociedade por uma renovação na política.

A pesquisa mostrou ainda que 81,9% dos entrevistados não acreditam que os políticos que estão no poder representam, de fato, os interesses da população brasileira, ante apenas 4% que acredita no sistema político.

Uma margem distante também mostrou que os entrevistados não se sentem representados pelos partidos (84,8%), enquanto apenas 4,4% sente tal representatividade.

Em entrevista exclusiva ao Jornal da Manhã, o diretor do Instituto Paraná Pesquisas, Murilo Hidalgo, confirmou que a situação brasileira hoje pede pela renovação política.

Confira a entrevista completa com Murilo Hidalgo e mais dados da pesquisa: