Manifestações nazistas e de apoio a Bolsonaro na PUC-RJ são investigadas; Reitoria condena ato

  • Por Jovem Pan
  • 17/10/2018 06h29
Reprodução Pela lei brasileira, a apologia ao nazismo é crime e pode levar à prisão. A pena prevista varia de dois a cinco anos de reclusão

Manifestações nazistas que ocorreram dentro da PUC do Rio de Janeiro estão sendo investigadas pela reitoria da universidade. Nesta terça-feira (16), na lousa de uma sala do curso de Arquitetura foram desenhadas suásticas e frases de apoio ao candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, ofensas a Fernando Haddad (PT).

Em nota, o Centro Acadêmico de Arquitetura e Urbanismo da PUC repudiou o episódio. A reitoria está auxiliando nas investigações do caso e imagens do circuito interno de segurança da universidade estão sendo analisadas para se chegar aos autores das menções nazistas.

Pela lei brasileira, a apologia ao nazismo é crime e pode levar à prisão. A pena prevista varia de dois a cinco anos de reclusão.

*Informações do repórter Rodrigo Viga