Márcio França confirma apoio de Skaf no segundo turno e provoca Doria

  • Por Jovem Pan
  • 10/10/2018 10h13
Johnny Drum/Jovem PanEm entrevista exclusiva ao Jornal da Manhã, França considerou “importante” o apoio de Skaf

Derrotado na disputa pelo governo de São Paulo, o emedebista Paulo Skaf decidiu que irá apoiar a candidatura de Márcio França (PSB) no segundo turno. A decisão, contraria a bancada tucana, uma vez que João Doria buscaria o apoio do terceiro colocado.

Em entrevista exclusiva ao Jornal da Manhã, França considerou “importante” o apoio de Skaf. “Tenho relação com ele de muito tempo. Ele foi filiado ao meu partido, tenho relação com a família dele. E quando acabou a eleição, disse isso a ele, e ontem ele decidiu que vai declarar voto e, naturalmente, vai apoiar. Não é questão de só ter sido candidato, ele preside entidades importantes, tira esse jeito de que Doria faz de esquerda x direita. Mostra essa coisa de como deve ser a eleição em São Paulo”, disse.

Márcio França defendeu ainda a ponderação, firmeza e sinceridade como pontos fundamentais para o segundo turno e voltou a alfinetar o adversário tucano: “isso tudo que não tem no Doria. Por isso ocorreu esse fato. Teremos muitos debates e vai ser possível ficar mais claro”.

Apoio ao segundo turno

Sobre o plano nacional, França disse que assumiu um compromisso e não volta atrás. Ele referiu-se à promessa feita a sua vice de que não se aproximaria do PT nem no primeiro e nem no segundo turno.

Dei minha palavra a minha vice. Ela disse que não tinha condição de ser vice se eu fosse com o PT. Eu disse que ela tem a minha palavra. Não apoiei antes e não apoiarei no segundo turno. Vou cumprir minha palavra. A única posição que me sobrou foi ser neutro”, disse.

Confira a entrevista completa com o candidato à reeleição ao governo de SP, Márcio França: