Márcio França crê em 2º turno e alfineta Doria e Skaf: ‘Não entendem nada do que estão fazendo’

  • Por Jovem Pan
  • 03/10/2018 07h41
Paulo Lopes/Estadão Conteúdo"No serviço público não entendem nada", disse o candidato à reeleição

Confiança. Esta é a palavra usada pelo atual governador de São Paulo, Márcio França, que visitou duas escolas de qualificação profissional, de moda e panificação. O candidato à reeleição pelo PSB ignorou a posição nas pesquisas e assegurou que estará no segundo turno sem escolher adversário.

“É uma dupla mandioca e macaxeira. Um mais alto, um mais baixo, mas os dois são pessoas inteligentes, bem-sucedidos em suas profissões, mas não entendem nada do que estão fazendo. No serviço público não entendem nada”, disse o candidato à reeleição.

O ensino técnico está no radar da campanha de França e, segundo ele, a integração entre Governo e iniciativa privada é fundamental para a geração de empregos.

Sobre a semana decisiva, França afirmou que os resultados eleitorais têm a ver com espontaneidade.

Confira a cobertura completa das Eleições 2018

*Informações do repórter Daniel Lian