Márcio França diz que entrega de estações do Metrô será feita “desde que tudo funcione 100%”

  • Por Jovem Pan
  • 13/07/2018 06h48
Agência BrasilO atual governador Márcio França reconheceu que há um atraso, mas que prefere inaugurar as obras quando tudo estiver 100%

Após novo atraso em entrega de estações do Metrô, o governador Márcio França disse que prefere evitar inaugurações apressadas.

As paradas da linha 5-Lilás – AACD-Servidor, Hospital São Paulo, Santa Cruz e Chácara Klabin – deveriam abrir neste mês, mas ficaram para agosto. Elas compreendem o setor mais importante do ramal porque vão conectar a linha 5 com as linhas 2-Verde e 1-Azul.

Pouco antes de deixar o cargo para disputar a eleição presidencial, o ex-governador Geraldo Alckmin fez uma série de inaugurações de estações.

As estações Moema e Eucaliptos, da própria linha 5, iniciaram as operações em abril sem as portas de plataforma instaladas.

O atual governador Márcio França reconheceu que há um atraso, mas que prefere inaugurar as obras quando tudo estiver 100%: “prefiro que as coisas sejam feitas a seu tempo e sejam bem entregues, que não sejam com aquela sensação de está entregando porque está com pressa. Entrega quando for possível, mas desde que tudo funcione 100%”.

Além das quatro em agosto, o governo de São Paulo promete entregar mais seis estações de Metrô até o fim do ano. São elas: Campo Belo, na linha 5-Lilás; São Paulo/Morumbi na linha 4-Amarela e Jardim Planalto, Sapopemba, Fazenda da Juta e São Mateus na linha 15-Prata.

*Informações do repórter Tiago Muniz