Marina Silva diz que vai reconhecer resultado das urnas, mesmo em caso de derrota

  • Por Jovem Pan
  • 04/10/2018 06h40
Gabriela Biló/Estadão Conteúdo “As eleições brasileiras serão fruto da vontade soberana do povo brasileiro", disse Marina

A candidata da Rede à Presidência, Marina Silva, afirmou nesta quarta-feira (03), no Rio de Janeiro, que confia no processo eletrônico de votação adotado no país e disse que vai reconhecer os resultados das urnas, mesmo que saia derrotada.

A lisura do processo eletrônico já foi alvo de polêmica capitaneada pelo líder das pesquisas à Presidência, Jair Bolsonaro. Ele disse que não reconheceria outro resultado que não fosse sua vitória.

“As eleições brasileiras serão fruto da vontade soberana do povo brasileiro. E nós haveremos de ir para as urnas não para repetir mais do mesmo com a corrupção e nem para nos arriscar e arriscar o futuro dos nossos filhos com a espada da violência que propõe a campanha do Bolsonaro”, disse Marina.

A candidata, no começo das eleições estava cotada a avançar ao segundo turno, mas agora não possui sequer dois dígitos de intenções de voto.

Confira a cobertura completa das Eleições 2018

*Informações do repórter Rodrigo Viga