Marun será novo ministro da Secretaria de Governo, mas Temer atrasa mudança na pasta

  • Por Jovem Pan
  • 22/11/2017 06h33 - Atualizado em 22/11/2017 09h27
Marcelo Camargo/Agência BrasilSai o negociador de bastidores e de acordos políticos, o deputado licenciado Antônio Imbassahy, e entra o deputado que mais provoca confusão e conflitos na Câmara, Carlos Marun

O estridente deputado Carlos Marun (PMDB-MS) será o novo ministro da Secretaria de Governo, o articulador político do presidente Michel Temer, uma mudança de perfil na pasta.

Em tempos de conflitos, generais agressivos. Sai o negociador de bastidores e de acordos políticos, o deputado licenciado Antônio Imbassahy, e entra o deputado que mais provoca confusão e conflitos na Câmara, Carlos Marun.

Ele foi indicado pela bancada do PMDB, mas houve reação na base.

Os conflitos fizeram Michel Temer recuar na troca imediata, avaliando que criaria mais problemas do que soluções com esta substituição.

Aliados do Governo dizem que a demora é apenas para acertar detalhes entre aliados, mas que a substituição vai acontecer.

É preciso, inclusive, encontrar um novo posto para o fiel Imbassahy. Ele resiste em ser nomeado para a pasta de Direitos Humanos e substituir a ministra Luislinda Valois.

Sobre a nomeação de Marun, o líder do PMDB, deputado Baleia Rossi, disse que apenas aguarda a confirmação de Temer.

*Informações do repórter José Maria Trindade