MBL planeja manifestações em Porto Alegre em dia de julgamento de Lula no TRF4

  • Por Jovem Pan
  • 10/01/2018 06h25
EFE/Sebastião MoreiraO coordenador do MBL no Rio Grande do Sul, Pedro Franco, disse que haverá montagem de equipamentos com estruturas diferentes e criativas, mas não detalha o que será feito

Enquanto apoiadores do ex-presidente Lula se programam para acompanhar o julgamento do petista no TRF4, em Porto Alegre, o MBL (Movimento Brasil Livre), uma das principais forças antipetistas do País, também realizará manifestações na capital gaúcha no dia 24 de janeiro.

Assim como os partidários do petista, lideranças do grupo se concentrarão perto do Tribunal durante o julgamento, que tem início marcado para as 8h30.

O coordenador do MBL no Rio Grande do Sul, Pedro Franco, disse que haverá montagem de equipamentos com estruturas diferentes e criativas, mas não detalha o que será feito. De acordo com ele, o movimento não está realizando convocação em larga escala, porque neste caso a pressão social não será um diferencial.

Mobilização maior está prevista para as 18h, do dia 24, no Parque Moinhos de Vento, onde os críticos do ex-presidente celebrarão, em caso de condenação, o Carna Lula, descrito como pré-Carnaval.

O evento já tinha quase mil pessoas confirmadas em rede social até o fim da tarde desta terça-feira (09). Por outro lado, a Banda Louca Liberal, tradicional parceria do MBL nos movimentos pró-impeachment em 2016, não está mobilizada para o julgamento. Entretanto, pessoas ligadas à entidade dizem que pode haver manifestações espontâneas.

Caso seja mantida a condenação do ex-presidente Lula pode haver a encenação de sua prisão no Parque Moinhos de Vento, reduto das movimentações antipetistas na capital gaúcha.

*Informações do repórter Sandro Sauer