Megablocos atraem milhares em São Paulo; assalto deixa cinco feridos na Berrini

  • Por Jovem Pan
  • 17/02/2020 07h28 - Atualizado em 17/02/2020 09h19
JOSE BARBOSA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOPré-Carnaval em São Paulo lotou as principais avenidas da cidade

Multidão. Essa é melhor definição do que se viu no primeiro final de semana da programação oficial do carnaval de São Paulo. Liderados por famosos, os megablocos foram a grande atração. Animados ao som dos Beatles em ritmo de samba ou pelo ritmo de Elba Ramalho, passando por Alok, Lexa e outros, milhões dançaram e se divertiram. No Ibirapuera quem fez a convocação para a festa foi a sambista Leci Brandão.

Não foi difícil encontrar gente como a professora Anália Vieira, que teve pique para curtir o sábado e o domingo. “Foi muito bom o dia de ontem, tava sol, não choveu. Aproveitamos bastante, dançamos. Alceu Valença foi super animado, estava bem cheio, foi super legal. Recarreguei as baterias e agora vamos curtir o Monobloco.”

Neste domingo, quem animou o Ibirapuera foi o Monobloco, com seus grandes sucessos para lá de animados. A programação atendeu a todas as idades. A administradora Ana Paula Neaime trouxe a família do Rio de Janeiro e garante que a folia de São Paulo não deixa a desejar. “Para conhecer um pouco da cultura do carnaval, da música brasileira, e eles curtem. Gostam de batuque, bateria”. As crianças aproveitaram a festa.

O casal Flavio e Flaviana diz que a festa está melhor a cada ano. “O diferencial é que está muito organizado, civilizado. Bem sinalizado. Para quem é da Capital, isso é muito importante”, disse. “Aqui no Ibirapuera está cada vez mais organizado, com segurança, tem o pessoal recolhendo latinhas, a limpeza está muito melhor”, completou Flaviana.

De acordo com a prefeitura, mais de 80 toneladas de lixo foram recolhidas após os desfiles só neste domingo. Os profissionais da saúde fizeram quase 500 atendimentos. Mais de 480 apreensões de produtos irregulares foram realizadas em diversas partes da capital. No sábado, 24 foliões foram autuados por fazer xixi na rua.

Tumulto

Na avenida Engenheiro Luiz Carlos Berrini, um grupo agrediu e tentou roubar um policial civil que reagiu. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), cinco pessoas ficaram feridas e fora socorridas em hospitais da região. O caso está sendo investigado.

Até o dia primeiro de março, são esperadas 15 milhões de pessoas no carnaval de São Paulo.

* Com informações da repórter Lívia Fernanda.