Meirelles deve assinar filiação ao MDB nesta terça (03)

  • Por Jovem Pan
  • 03/04/2018 08h59
José Cruz/Agência BrasilAinda não confirmada oficialmente, sua saída da Esplanada dos Ministérios é quase certa

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, está de saída do PSD, o partido pelo qual pretendia lançar-se candidato à Presidência da República, nesta terça-feira (03). Ainda não confirmada oficialmente, sua saída da Esplanada dos Ministérios é quase certa.

Em 07 de abril vence o prazo para que os integrantes do Governo que têm alguma ambição eleitoral entreguem seus cargos, e o ministro também definiu sua migração para o MDB, partido que passa a ser filiado.

A escolha, no entanto, não garante que o ministro dispute o Palácio do Planalto, já que o presidente Michel Temer não saiu do páreo e pelo visto está bastante propenso a tentar a reeleição. Ele deixará o cargo dizendo que venceu os desafios e tirou o país da recessão com reformas.

Recrutado por Michel Temer antes mesmo que o Congresso tivesse afastado Dilma Rousseff do cargo, Meirelles colocou em prática sua política econômica baseada em três pilares queda da inflação, volta do crescimento e redução da taxa Selic.

Sua meta agora é tentar demonstrar carisma para uma candidatura mais robusta à Presidência. O atual secretário-executivo da pasta, Eduardo Guardia deve ser confirmado como novo ministro da Fazenda e Meirelles assina nesta terça-feira sua filiação ao MDB.

*Informações do repórter Daniel Lian