Meirelles: ‘É crucial que a reforma da Previdência seja feita em 2019’

  • Por Jovem Pan
  • 12/12/2018 09h08 - Atualizado em 12/12/2018 09h27
EFE/Laurent Gillieron“A reforma da Previdência não é questão de se vai ser feita ou não, mas de quando será feita", disse Meirelles

Futuro secretário da Fazenda de João Doria em São Paulo, o ex-ministro Henrique Meirelles voltou a reforçar a importância da reforma da Previdência para o equilíbrio das contas públicas.

Em entrevista exclusiva ao Jornal da Manhã, Meirelles disse que a reforma é “vital” e que sem ela, o País entrará em crise fiscal em questão de tempo. “A reforma da Previdência não é questão de se vai ser feita ou não, mas de quando será feita. Ela é necessidade absoluta. Os países quebram, a presidência quebra”, alertou. “É crucial que a reforma da Previdência seja feita em 2019 e seja mais abrangente possível”, completou.

Meirelles comparou ainda a situação com Grécia e Portugal e disse que o aconteceu nestes países não pode ocorrer no Brasil. “Vamos de fato garantir que a economia brasileira e também de sp possa continuar crescendo, para isso é necessária a reforma da Previdência. Quanto mais cedo, melhor”.

A importância de sua aprovação o quanto antes, segundo o futuro secretário, é no nível de confiança da economia. Ele ressaltou que no momento em que a reforma for aprovada, o nível de confiança no futuro aumenta e isso fará com que os investimentos aconteçam no curto prazo.

“Como a situação não é sustentável sem a reforma isso tem impacto na economia, na medida em que a confiança sobe ou desce dependendo da perspectiva futura. Existe a reforma negociada exaustivamente no Congresso, com grupos e bancadas, esse projeto equilibra contas e está pronto para ser discutido e votado. É questão de ver com a nova composição do Congresso o que pode ser aprovado”, explicou.

Confira a entrevista completa com o futuro secretário da Fazenda de SP, Henrique Meirelles: