Menina de 11 anos atingida por bala perdida no RJ segue internada

O episódio ocorreu na Favela Jardim Catarina, palco permanente de confrontos

  • Por Jovem Pan
  • 23/04/2019 05h58
PixabayMaria Eduarda Sodré estava brincando no quintal de casa quando foi atingida na altura do pescoço

É considerado estável o estado de saúde de menina de 11 anos que foi atingida por bala perdida no último fim de semana em favela em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio de Janeiro.

Maria Eduarda Sodré estava brincando no quintal de casa quando foi atingida na altura do pescoço. Ela pediu socorro à mãe e foi levada às pressas para o hospital, onde foi operada.

O episódio ocorreu na Favela Jardim Catarina, palco permanente de confrontos. A Polícia disse que não houve operação policial no dia em que Maria Eduarda foi atingida. Mas, no dia seguinte, a Polícia interveio, foi à comunidade e entrou em conflito com criminosos. Ao menos três pessoas foram baleadas, sendo que uma delas morreu.

*Informações do repórter Rodrigo Viga