Mensagem sobre cancelamento de título de eleitor é falsa, alerta TSE

  • Por Jovem Pan
  • 16/09/2019 07h42
Arquivo/Agência BrasilJustiça Eleitoral ressalta que nunca usa e-mails ou torpedos para fazer comunicados

Um e-mail falso enviado para milhares de eleitores fez a Justiça Eleitoral alertar a população. Muitas pessoas estão entrando em contato com a instituição relatando terem recebido mensagens, através de correio eletrônico ou aplicativos de smartphones, informando que seus títulos de eleitor seriam cancelados. Esses comunicados pedem que o cidadão atualize a sua situação cadastral por meio de um link de origem duvidosa.

Entretanto, essas mensagens são falsas e, provavelmente, usadas por criminosos a fim de coletar informações e dados sigilosos que podem, consequentemente, ser utilizados em golpes. É importante frisar que a Justiça Eleitoral nunca usa e-mails ou torpedos por celulares para fazer comunicados aos eleitores.

Apenas os inscritos como mesários podem receber avisos eletrônicos enviados por alguns Tribunais Regionais Eleitorais (TRE) e, mesmo assim, somente mediante prévia e específica autorização do interessado.

Para consultar a sua situação cadastral, o eleitor precisa se dirigir ao cartório eleitoral mais próximo ou, acessar o Portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na internet. A página contém a seção Serviços ao Eleitor, onde é possível verificar a situação cadastral do título, validar documentos e consultar o local de votação.

O TSE ressalta que não autoriza nenhuma outra instituição a enviar comunicados eletrônicos em seu nome. Quaisquer mensagens de e-mail ou aplicativos de smartphones que apontem terem sido encaminhadas pela Justiça Eleitoral devem ser ignoradas e apagadas, com o cuidado de não se clicar nos links e nem acessar os respectivos endereços eletrônicos.

*Com informações do repórter Daniel Lian