Mesmo com insistência de Alckmin, DEM ainda vê Ciro Gomes como nome mais viável para aliança

  • Por Jovem Pan
  • 06/07/2018 06h30
Reprodução/PDTSegundo pesquisas encomendadas pelo próprio DEM, o nome mais viável entre esses é o de Ciro Gomes

O DEM deve definir entre os dias 17 e 20 de julho que rumo vai tomar nas eleições presidenciais. Na última quarta (04), lideranças do DEM se reuniram com o pré-candidato do PSDB, Geraldo Alckmin.

O tucano tenta se viabilizar com legendas do centro, mas encontra dificuldades. Jogam contra ele o desgaste sofrido pelo PSDB e o fato de não crescer nas pesquisas de intenção de voto. Além disso, uma ala do partido prefere que o postulante ao Planalto seja o ex-prefeito de São Paulo, João Doria.

Em nota, Doria afirma que continua focado na candidatura ao governo de São Paulo.

Também podem receber o apoio do DEM: Ciro Gomes (PDT) e Álvaro Dias (Podemos). ACM Neto disse que o partido está analisando os nomes. “Estamos avaliando cada um, pontos forte e fracos de cada candidato. Onde nós formos hoje, com certeza, isso dará mais competitividade ao candidato”, afirmou.

Segundo pesquisas encomendadas pelo próprio DEM, o nome mais viável entre esses é o de Ciro Gomes. Entretanto, ele é visto com resistência por setores do partido por se identificar com o campo da esquerda e ter sido ministro no Governo Lula.

Para ACM Neto, em uma eventual aliança com Ciro, essas diferenças ficariam para trás: “é olhar para frente e não para trás”.

O DEM ainda mantém a pré-candidatura ao Planalto do presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Porém, com apenas 1% nas pesquisas, o nome dele está praticamente descartado nos bastidores e ele deve desistir neste mês.

Confira a cobertura completa das Eleições 2018

*Informações do repórter Levy Guimarães