Metade dos motoristas brasileiros ainda dirige com celular nas mãos, diz pesquisa

  • Por Jovem Pan
  • 02/11/2017 08h52 - Atualizado em 02/11/2017 12h01
Oswaldo Corneti/Fotos PúblicasPesquisa nacional realizada pela Arteris, concessionária de rodovias, aponta que 51,9% dos motoristas brasileiros admitem dirigir com celular em mãos

Pesquisa nacional realizada pela Arteris, concessionária de rodovias, aponta que 51,9% dos motoristas brasileiros admitem dirigir com celular em mãos, mesmo que raramente.

O que chama a atenção é que esse percentual é mais expressivo para os motoristas com idade entre 18 e 21 anos e que moram na região sudeste do País.

O risco é grande, pois alguns segundos de distração ao digitar um número de telefone ou mensagem, por exemplo, a uma velocidade de pouco mais de 100km/h, pode levar um motorista a percorrer a distância equivalente a quatro campos de futebol totalmente às cegas.

A pesquisa da Arteris ainda chama a atenção para os feriados prolongados, quando o volume de veículos é maior e motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres devem redobrar a atenção.

Vale lembrar que conduzir um veículo com celular em mãos é infração gravíssima prevista no Código de Trânsito Brasileiro, pode render 7 pontos na carteira e multa de R$ 293,47.

O estudo ainda abordou outros eixos, como uso do cinto de segurança, direção após o consumo de bebida alcoólica e desrespeito aos limites de velocidade.

O único que apresentou melhoria em relação aos dados coletados no ano passado foi o índice sobre velocidade.

Nesse ano, 59,3% dos entrevistados declararam sempre respeitar os limites estabelecidos, enquanto em 2016, o percentual foi de 51,3%.

Os acidentes de trânsito estão entre as principais causas externas de morte no Brasil e no mundo.

A cada hora, 140 pessoas perdem a vida no trânsito segundo a Organização Mundial de Saúde.

*Informações do repórter Fernando Martins