Metrô abre nesta quarta três novas estações da Linha 5-Lilás

  • Por Jovem Pan
  • 06/09/2017 07h25 - Atualizado em 06/09/2017 11h50
Durante a chamada operação assistida, as paradas Alto da Boa Vista, Borba Gato e Brooklin vão estar abertas das dez da manhã às três da tarde

O Metrô abre nesta quarta-feira (06) três novas estações da linha 5-Lilás que vão funcionar de maneira gratuita e em horário reduzido nas primeiras semanas. Durante a chamada operação assistida, as paradas Alto da Boa Vista, Borba Gato e Brooklin vão estar abertas das dez da manhã às três da tarde.

A companhia diz que começar assim, aos poucos, é o padrão internacional para a abertura de novas estações de Metrô.

Aos poucos, o horário vai ser aumentado até chegar ao funcionamento pleno, como em toda a rede.

Durante essa etapa experimental, as novas estações serão atendidas por um trem exclusivo que vai percorrer o trecho entre Brooklin e Adolfo Pinheiro.

Quem desejar seguir viagem para as demais estações da linha 5, será orientado pelos funcionários do Metrô sobre como acessar a área paga e embarcar em um outro trem.

As três estações deveriam ser entregues com portas de plataforma, semelhantes às existentes nas estações Tamanduateí e Sacomã da linha dois-Verde.

Entretanto, o Metrô diz que elas vão ser montadas somente em outubro na estação Brooklin e no ano que vem nas estações Alto da Boa Vista e Borba Gato por um atraso do consórcio liderado pela canadense Bombardier.

E, por causa disso, a companhia abriu processo administrativo contra a empresa e a multinacional pode ser multada em até trinta e sete milhões de reais.

Além das três estações que devem ser entregues nesta quarta-feira, o Metrô promete inaugurar outras seis paradas até dezembro: Eucaliptos, Moema, AACD-Servidor, Hospital São Paulo, Santa Cruz e Chácara Klabin.

As duas últimas farão com que a linha cinco-Lilás se conecte com as linhas dois-Verde e um-Azul, proporcionando um acesso mais fácil dos moradores da Zona Sul da cidade à região Central.

*Informações do repórter Tiago Muniz