México reforça segurança nas fronteiras a fim de reduzir fluxo migratório

  • Por Jovem Pan
  • 17/06/2019 06h45 - Atualizado em 17/06/2019 09h33
EFEEUA e México assinaram acordo para reduzir fluxo migratório em 45 dias

Como cumprimento de acordo com os Estados Unidos, a Força Nacional do México já está na fronteira do país com a Guatemala. A região é uma das 78 passagens consideradas “frágeis”, por contribuir para a travessia de migrantes ilegais que tentam chegar ao território norte-americano.

O reforço foi enviado para o município de Comitán, no Estado de Chiapas. Os militares estão auxiliando no recebimento e encaminhamento dos estrangeiros.

Também neste fim de semana, autoridades detiveram 791 imigrantes sem documentos no leste do país. O grupo estava escondido em quatro caminhões parados no Estado de Veracruz.

O acordo feito entre o México e os Estados Unidos em 7 de junho prevê ações para reduzir o fluxo migratório em 45, tendo como contrapartida a suspensão das taxas em produtos do país latino prometidas pelo presidente norte-americano Donald Trump.

A decisão do presidente mexicano Andrés Manuel Lopez Obrador de não resistir às pressões do republicano gerou insatisfação entre políticos do país e levou à renúncia do chefe do Instituto Nacional de Migração do México, Tonatiuh Ghillen, que foi substituído por Francisco Garduno, ex-líder do sistema prisional do país.

*Com informações do repórter Matheus Meirelles