Microempresários encomendavam mercadorias a roubadores de cargas no RJ, diz delegado

  • Por Jovem Pan
  • 25/08/2017 06h54 - Atualizado em 25/08/2017 12h11
Nesta quinta, a Polícia Civil deflagrou a operação Ordnem para cumprir 23 mandados de prisão e 13 de busca e apreensão

Uma quadrilha especializada no roubo de cargas e revenda das mercadorias roubadas foi desbaratada nesta quinta-feira (24) pela Polícia Civil do Rio de Janeiro.

As investigações contra o bando começaram há oito meses, após grampos telefônicos e receptação de conversas via redes sociais. Ali, os criminosos combinavam tudo o que iria ocorrer.

Nesta quinta, a Polícia Civil deflagrou a operação Ordnem para cumprir 23 mandados de prisão e 13 de busca e apreensão. Pelo menos 15 pessoas foram detidas na Baixada Fluminense e comunidades da Zona Norte da Capital.

De acordo com o delegado Fátio Asti, responsável pelas investigações, as encomendas eram feitas via WhatsApp pelos comerciantes aos bandidos, que procuravam as cargas desejadas. A preferência do bando era roubar alimentos, mas roubavam também bicicletas, eletroeletrônicos e mais.

“O que nós apuramos foi essa finalidade de microempresários que encomendavam aos roubadores de cargas determinadas mercadorias que eles já queriam comprar”, disse o delegado.

As mercadorias eram vendidas em pequenos estabelecimentos. Com a quadrilha também foram encontrados carimbos para alterar a validade de alimentos perecíveis.

*Informações do repórter Rodrigo Viga