Ministério da Saúde anuncia redução de 16% nos casos de Aids em quatro anos

  • Por Jovem Pan
  • 28/11/2018 07h17 - Atualizado em 28/11/2018 09h05
Reprodução/YoutubeEm 2018, foram garantidos 12,5 milhões de testes rápidos da soropositividade, um aumento de 700 mil em relação ao ano passado

O Brasil registrou a redução de 16% dos casos e óbitos decorrentes da Aids nos últimos quatro anos. O Ministério da Saúde disse que o avanço no combate à doença foi possível graças ao diagnóstico antecipado e o consequente tratamento precoce.

Em 2018, foram garantidos 12,5 milhões de testes rápidos da soropositividade, um aumento de 700 mil em relação ao ano passado. As ações do Ministério da Saúde também permitiram a redução de 56% no número de infecções em crianças expostas.

Apesar dos avanços, a pasta garante que a busca da prevenção e a conscientização da doença faz parte de uma luta constante. O ministro da Saúde, Gilberto Occhi, comemorou o resultado, mas disse que também é um momento de reflexão.

De acordo com o boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, 73% das novas infecções acontecem entre homens da faixa etária de 15 a 39 anos.

A ativista Blenda Silva, que é soropositiva, comemorou o resultado, mas também reforçou a necessidade de prevenção. Blenda ainda disse que a medicação proporciona uma vida comum ao portador da AIDS, mas o preconceito ainda é muito forte.

O Ministério da Saúde lembra que o uso de preservativos ainda é a forma mais eficaz para a proteção contra a AIDS. Os testes rápidos são ofertados pelo SUS e um projeto-piloto vai disponibilizar 400 mil unidades de autotestes a partir do ano que vem.

*Informações da repórter Nanny Cox