Ministério da Saúde publica edital do Mais Médicos para profissionais brasileiros

  • Por Jovem Pan
  • 20/11/2018 06h54
Karina Zambrana/Fotos PúblicasNa segunda-feira (26) da semana que vem serão abertas vagas para médicos brasileiros e estrangeiros formados fora do país

O Ministério da Saúde publica nesta terça-feira (20) edital com 8.500 novas vagas do programa Mais Médicos para profissionais brasileiros. O objetivo é substituir os cubanos que deverão deixar o país até o fim do ano.

A partir desta quarta-feira (21) os médicos poderão escolher os municípios onde querem trabalhar. As inscrições irão até o dia 25 de novembro. Na segunda-feira (26) da semana que vem serão abertas vagas para médicos brasileiros e estrangeiros formados fora do país.

A meta do governo é de que os selecionados já comecem a trabalhar no início de dezembro. O ministro da Saúde, Gilberto Occhi, está confiante e disse que acredita que boa parte das vagas serão preenchidas evitando assim qualquer tipo de prejuízo para a população com a saída dos médicos cubanos.

Uma novidade nesse edital é que não será possível que vários médicos escolham a mesma cidade, criando uma lista de espera. A partir do momento em que um município for selecionado ele sai do sistema. A mudança foi elogiada pelo presidente da Confederação Nacional dos Municípios, Glademir Aroldi, que ressaltou a importância de agilidade por parte do governo federal nessa seleção uma vez que cerca de 1.500 municípios são atendidos apenas por médicos vindos de Cuba.

A equipe do novo presidente eleito, também está confiante de que não haverá prejuízo para os mais pobres. O vice-presidente eleito general Hamilton Mourão inclusive disse que acredita que muitos cubanos nem voltem para o país de origem.

Vale lembrar que a retirada dos médicos cubanos deverá ser um processo longo, uma vez que quando eles chegaram a Força Aérea Brasileira e o Exército ficaram responsáveis por boa parte dos deslocamentos. O que não vai se repetir nesse momento.

O Ministério da Educação está trabalhando também para implementar mudanças no Revalida, para facilitar a aplicação do teste que garante aos médicos formados no exterior a chance de trabalharem legalmente aqui no país.

Nesta segunda-feira (19), durante encontro com prefeitos de todo o país, o presidente Michel Temer recebeu elogios pelo tratamento dispensado aos municípios e pela rapidez em tentar resolver agora o problema do Mais Médicos. Muitos prefeitos, inclusive, pediram o Fica Temer.

*Informações da repórter Luciana Verdolin