Ministério da Saúde reforça recomendação de vacina contra febre amarela e sarampo

  • Por Jovem Pan
  • 15/02/2019 06h39
Marcelo Camargo/Agência BrasilA estimativa de pessoas não vacinadas é de cerca de 37 milhões no Sudeste e 13 milhões no Sul

O Ministério da Saúde reforçou a recomendação da vacina contra a febre amarela para as pessoas que moram ou pretendem viajar para o Sul e o Sudeste do Brasil. Esse alerta foi feito já que há o registro de circulação do vírus nessas regiões e todos os Estados ainda registram cobertura abaixo da meta de 95% da população.

A estimativa de pessoas não vacinadas é de cerca de 37 milhões no Sudeste e 13 milhões no Sul.

Desde novembro do ano passado, a pasta vem alertando a população sobre a importância da vacina. E nesta semana, a Organização Mundial da Saúde fez o alerta para a possível terceira onda de surto de febre amarela no país. Outro aviso emitido nesta quinta-feira (14), foi o retorno de doenças já erradicadas no Brasil, como o sarampo.

Por causa da baixa cobertura vacinal e a necessidade de ampliar a imunização, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, propôs um novo pacto sobre vacinação. Atualmente três Estados estão com transmissão ativa do vírus: Amazonas, Roraima e Pará recentemente registraram casos da doença.

Dados preliminares de 2018 apontam que menos da metade dos municípios brasileiros estão abaixo da meta de vacinação de 95% do sarampo.

*Informações da repórter Natacha Mazzaro