Ministério reafirma importância de ampliar testes por mais ‘clareza das informações’

  • Por Jovem Pan
  • 09/05/2020 07h02 - Atualizado em 09/05/2020 10h56
Claudio Furlan/Estadão Conteúdotualmente, cerca de 1.852 falecimentos possivelmente causados pela Covid-19 estão em investigação

O último balanço do Ministério da Saúde mostra que o Brasil já registrou 145. 328 casos da Covid-19 e um total de 9.897 mortes. Nas ultimas 24 horas foram confirmados 10.222 novos pacientes infectados e 751 novos óbitos.

Em laboratórios de todo país existem cerca de 100 mil exames aguardando resultados. Por isso, muitas vezes, as mortes registradas num dia ocorreram já há algum tempo. Atualmente, cerca de 1.852 falecimentos possivelmente causados pela Covid-19 estão em investigação.

Em todo o país, 76.134 pacientes estão em acompanhamento, quase 60 mil pessoas já se recuperaram da doença o que representa 40,8% do total. O ministro da Saúde, Nelson Teich, admite que, em pouco tempo, teremos mais de mil mortes por dia.

Segundo o diretor de análise da Secretaria de Vigilância em Saúde, Eduardo Macário, a meta é tentar agilizar esses exames para ter resultados que apontem com mais clareza a situação da doença no país.

O ministério da Saúde informou na sexta-feira (8) que habilitou mais 116 leitos de UTI, voltados para pacientes graves no Rio de Janeiro, Amapá, Tocantins e Mato Grosso do Sul.

Além disso, 923 mil profissionais de saúde foram cadastrados para atuar no atendimento da Covid-19, sendo que 340 mil profissionais se declararam dispostos a começar a trabalhar imediatamente.

*Com informações da repórter  Luciana Verdolin