Ministro da Fazenda: Governo tem os instrumentos para controlar câmbio e juros

  • Por Jovem Pan
  • 14/06/2018 07h07
Antonio Cruz/Agência BrasilEduardo Guardia afirmou que os preços dos mercados recentemente não estavam refletindo os fundamentos da economia

O ministro da Fazenda disse que o Governo e o Banco Central estão prontos para agir toda vez que considerarem que o mercado estiver volátil demais. Eduardo Guardia deu a declaração nesta quarta-feira (14) durante a posse da nova diretoria da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais, em São Paulo.

O titular da economia comparou o cenário de alta do dólar experimentado nas últimas semanas com o que aconteceu em 2002. O ministro ressaltou, no entanto, que hoje o Governo tem reservas em dólar que correspondem a um valor superior aos compromissos assumidos em moeda estrangeira.

Eduardo Guardia afirmou que os preços dos mercados recentemente não estavam refletindo os fundamentos da economia. Ele disse que, por isso, o Ministério e o Banco Central agiram no câmbio e nos juros; e que farão isso toda vez que considerarem necessário. “O BC tem instrumentos à disposição para atuar no mercado de câmbio e Ministério da Fazenda/Tesouro tem também apara atuar no mercado de juros. E nós o faremos visando reduzir volatilidade”, explicou.

O ministro da Fazenda afirmou ainda que o Governo conseguiu atravessar a greve dos caminhoneiros mantendo a disciplina fiscal. Eduardo Guardia disse que a prioridade do Governo é garantir o cumprimento da regra de ouro e do teto de gastos, deixando um cenário favorável ao próximo presidente.

*Informações do repórter Tiago Muniz