Ministro do STJ nega autorização para integrantes do PDT visitarem Lula em Curitiba

  • Por Jovem Pan
  • 24/08/2018 06h59
EFE/Antonio LacerdaÉ uma interrupção nessa procissão que se faz ao ex-presidente e, principalmente agora, depois da confirmação nas pesquisas, de que ele continua em primeiro

O ministro do Superior Tribunal de Justiça, Félix Fischer, deu um basta e negou autorização para integrantes do PDT visitarem Lula na cela da Polícia Federal, em Curitiba.

É uma interrupção nessa procissão que se faz ao ex-presidente e, principalmente agora, depois da confirmação nas pesquisas, de que ele continua em primeiro lugar nas intenções de voto.

Não é só o setor financeiro que está assustado com possibilidade e com a popularidade de Lula, mas o mundo também se surpreendeu e já projeta mudanças nessa fase considerada de sobrevivência.

Certos de que serão prejudicados pela falta de competitividade de Geraldo Alckmin, o grupo chamado de Centrão já prepara um desembarque, e o prazo estabelecido é até o meio do mês que vem.

O candidato do PSDB será solenemente abandonado, e o chamado “momento Muricy, cada um para si”, começa a funcionar. Os deputados dizem que não é o momento para andar com dificuldades em uma corrida tão disputada.

O foco total dos partidos é a composição de bancada no Congresso.

Confira a cobertura completa das Eleições 2018

*Informações do repórter Fernando Martins