Ministro do Turismo é investigado por suspeita de caixa dois

  • Por Jovem Pan
  • 08/03/2019 07h20 - Atualizado em 08/03/2019 10h11
Lúcio Bernardo Junior/Câmara dos DeputadosAngelo Giardini de Oliveira instaurou procedimento para apurar a campanha do PSL, comandada por Marcelo Álvaro Antônio, pela não contrapartida de 25 mil santinhos da candidata Zuleide Oliveira

O procurador eleitoral de Minas Gerais investiga o ministro do Turismo, por caixa dois. Angelo Giardini de Oliveira instaurou procedimento para apurar a campanha do PSL, comandada por Marcelo Álvaro Antônio, pela não contrapartida de 25 mil santinhos da candidata Zuleide Oliveira.

Ela acusa o agora ministro de tê-la convidado para ser laranja na eleição, com pedido de devolução de verba pública. Zuleide garante que se reuniu com Marcelo Álvaro Antonio em seu escritório parlamentar de Belo Horizonte, em 11 de setembro, quando teria sido convidada para ser candidata e a devolver R$ 45 mil dos R$ 60 mil que o PSL repassaria a sua campanha.

O ministro do Turismo afirmou nesta quinta-feira (07) que Zuleide mente descaradamente, mas ela guarda em sua casa os 25 mil folhetos de propaganda eleitoral ao lado de Marcelo Álvaro Antônio, e que recebeu o material do partido.

Zuleide, que disputou uma vaga de deputada estadual, chegou a fazer uma denúncia ao Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais, em 19 de setembro, mas apenas recebeu uma resposta protocolar da Justiça.

O ministro do Turismo garante que está muito tranquilo e que não teve nenhuma acusação direta.

*Informações do repórter Marcelo Mattos