Ministros defendem plano imediato para infraestrutura e agricultura

  • Por Jovem Pan
  • 24/06/2020 06h09 - Atualizado em 24/06/2020 08h03
Dida Sampaio/Estadão ConteúdoO governo prevê investimentos públicos no valor de R$ 30 bilhões nos próximos dois anos

Ministros defendem plano imediato para o pós crise com investimentos em infraestrutura e manejo sustentável na agropecuária. Uma das possibilidades para atrair recursos são as concessões federais, já visando a retomada do crescimento. De acordo com os técnicos, as taxas de retorno podem chegar a dois dígitos.

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, afirma que não existe investimento sem práticas sustentáveis. Ela lembra também que as lavouras brasileiras ocupam somente 8% do território nacional e têm de ser ampliadas.

Já o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, ressalta que o país precisa investir no escoamento da produção. Pelas contas de Tarcísio, a carteira de projetos da pasta vai atingir R$ 250 bilhões em concessões até 2022.

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, lembra que ampliar o crédito depende, antes de tudo, de segurança. Ele aponta que o crescimento de longo prazo também precisa de garantias de estabilidade.

O governo prevê investimentos públicos no valor de R$ 30 bilhões nos próximos dois anos.

*Com informações do repórter Afonso Marangoni