Ministros visitam crianças brasileiras em abrigos nos Estados Unidos

  • Por Jovem Pan
  • 06/07/2018 06h03
Fátima Meira/Estadão ConteúdoNesta quinta-feira (05), eles foram a dois centros de acolhimento em Chicago, onde está concentrada a maioria dos menores

Os ministros Aloysio Nunes, das Relações Exteriores, e Gustavo do Vale Rocha, dos Direitos Humanos, visitaram crianças e adolescentes brasileiros que estão em abrigos nos Estados Unidos.

Nesta quinta-feira (05), eles foram a dois centros de acolhimento em Chicago, onde está concentrada a maioria dos menores. De acordo com Aloysio Nunes, as condições dos abrigos são boas. As crianças se mostraram animadas com a Copa do Mundo e contaram ao chanceler que acompanham os jogos do Brasil pela TV.
O ministro Gustavo Rocha disse que, além de verificar a situação, o objetivo da visita é entender de que maneira o Governo brasileiro pode ajudar.

Nesta sexta (06) e sábado, os ministros vão se encontrar com embaixadores e cônsules brasileiros nos Estados Unidos, Canadá e México.

Também nesta quinta-feira (05), a brasileira Sirley Silveira Paixão, de 30 anos, reencontrou o filho de 10 anos que não via desde maio, quando foram separados. O fato foi possível após um juiz federal norte-americano ordenar a liberação do menino que estava em um abrigo em Chicago.

Pelo levantamento mais recente do Itamaraty, há 55 filhos de brasileiros separados de suas famílias em todo o território norte-americano. Atualmente, cerca de 2,3 mil crianças de várias nacionalidades estão em abrigos norte-americanos. O número de menores separados dos pais aumentou com a política de tolerância zero contra a imigração ilegal implementada pelo presidente dos EUA, Donald Trump.

*Informações do repórter Afonso Marangoni