Mirando na China, secretário dos EUA quer implantar mísseis na Ásia

  • Por Jovem Pan
  • 05/08/2019 07h51 - Atualizado em 05/08/2019 10h48
Flickr/U.S. Army National GuardEsper disse que mísseis não serão nucleares

O governo dos Estados Unidos anunciou, neste sábado (3), que pretende implantar mísseis terrestres de alcance intermediário na Ásia. A declaração foi dada pelo secretário de Defesa, Mark Esper, durante uma viagem a Sidney.

Segundo Esper, essa é uma medida para diminuir a influência da China. A fala do chefe do Pentágono vem em um momento de grandes tensões entre Washington e Pequim, que pode se intensificar após esta declaração.

Outro fator que também agrava a situação no cenário internacional, foi a saída dos Estados Unidos, na última sexta feira (2), do tratado Intermediário de Forças Nucleares firmado com a Rússia. A quebra do pacto se deu com troca de acusações entre os dois países sobre qual lado não teria cumprido o acordo.

Com relação à instalação de mísseis na Ásia,  Esper disse ter pressa para implantar os armamentos, mas entende que ” essas coisas tendem a levar mais tempo que o previsto”.

O chefe do Pentágono não deu pistas sobre onde deseja instalar os mísseis e disse, ainda, que esta é uma questão que será discutida com aliados. Ele especificou que o tipo de arma utilizada será a convencional e não a nuclear.

*Com informações da repórter Camila Yunes