Missão da OEA faz avaliação positiva sobre primeiro turno, mas destaca polarização e agressividade

  • Por Jovem Pan
  • 09/10/2018 07h14
José Cruz/Agência BrasilA missão da OEA vai acompanhar agora os preparativos para o segundo turno e a votação no final de outubro

Uma missão da Organização dos Estados Americanos (OEA) acompanhou no fim de semana a votação, apuração e divulgação dos resultados das eleições em pelo menos 12 Estados brasileiros.

A chefe da missão internacional, Laura Chincilla, elogiou o processo eleitoral brasileiro, o profissionalismo e a perícia técnica. Mas criticou o que ela chamou de polarização e agressividade.

Ela afirmou também que chamou a atenção a propagação das chamadas fake news. O que aconteceu durante a fase pré-eleitoral e se estendeu até o dia da votação. Até por conta disso, Laura Chincilla elogiou o empenho da justiça eleitoral e da imprensa para garantir a verificação da veracidade dessas informações.

O vice-procurador eleitoral, Humberto Jacques de Medeiros, admitiu que chamou a atenção o fato de os boatos terem tomado a internet mesmo no dia da eleição.

A missão da OEA vai acompanhar agora os preparativos para o segundo turno e a votação no final de outubro.

Confira a cobertura completa das Eleições 2018

*Informações da repórter Luciana Verdolin