‘Momento é de disciplina, paciência e espírito coletivo’, avalia secretária Patrícia Ellen

A secretária de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo lembrou que essa fase é de transição e o vírus ainda está presente nas ruas

  • Por Jovem Pan
  • 06/07/2020 10h16
Sandro Pereira/Estadão Conteúdoatrícia Ellen elogiou o trabalho da Vigilância Sanitária e disse que a equipe tem "total condição de fazer acompanhamento e fiscalização"

A secretária de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo, Patrícia Ellen, alertou que esse o momento que o “espírito coletivo” deve estar mais presente na vida do paulistano. “Precisamos mostrar que conseguimos fazer a retomada de forma gradual, usando máscaras e respeitando protocolos. Nesse momento precisamos de disciplina, paciência e espírito coletivo para continuar avançando e retomando a economia.”

Em entrevista ao Jornal da Manhã, Patrícia Ellen declarou que o critério para reaberturas continua o mesmo: capacidade do sistema de saúde e evolução da pandemia do coronavírus. E, para ela, os indicativos estão bastante positivos. “No Estado, temos ocupação média de leitos de 63,9%. Quanto aos números da pandemia, tivemos redução de casos de quase 8%, de internações por SRAG de 1% e de óbitos em decorrência da Covid-19 de 0,6% em relação aos 7 dias anteriores. Na capital, esses números são ainda mais expressivos.”

Entretanto, a secretária lembrou que essa fase é de transição e o vírus ainda está presente nas ruas “Precisamos ter cuidado para não repetir o que está acontecendo em estados vizinhos e no mundo, onde reaberturas precipitadas causaram repiques da pandemia e tiveram que voltar atrás, decretar lockdown completo. Nosso trabalho é de retomada gradual e responsável, respeitando a regionalização. Esse é o momento mais importante para se ter espírito coletivo. Quem precisa sair, que saia respeitando os protocolos. Quem não precisa, fica em casa. Tanto o isolamento quanto o uso de máscaras ajudaram a salvar mais de 70 mil vidas.”

Patrícia Ellen elogiou o trabalho da Vigilância Sanitária e disse que a equipe tem “total condição de fazer acompanhamento e fiscalização” das medidas tomadas até o momento. Na próxima sexta-feira (10) serão apresentadas as atualizações das classificações do Plano São Paulo — que acontece a cada duas semanas. “Continuando nesse caminho, poderemos avançar na flexibilização.”