Moro e IBGE pedem mais recursos para Guedes; Censo 2020 está ameaçado

  • Por Jovem Pan
  • 27/08/2019 06h51
Wilton Junior/Estadão ConteúdoMoro disse que emissão de passaportes e ações da PF podem ser comprometidas

O ministro da Economia, Paulo Guedes, recebeu, nesta segunda-feira (26), um ofício do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, pedindo mais recursos para a pasta em 2020. Segundo o ex-juiz, o montante projetado para o ano que vem “gera preocupação quanto à viabilidade de implementação” das ações da pasta, como operações da Polícia Federal (PF) e emissão de passaporte.

No ofício, o ministro afirma que o repasse previsto para o ano que vem é 32% menor se comparado com o orçamento autorizado para 2019.

A presidente do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), Suzana Guerra, também encaminhou um ofício a Guedes, dizendo que a realização do Censo de 2020 está ameaçada por falta de verbas. Segundo ela, se não for liberado mais dinheiro, “a operação censitária fica claramente inviabilizada”.

Até o fim dessa semana, o governo vai encaminhar ao Congresso o Projeto de Lei Orçamentária Anual do ano que vem.

*Com informações do repórter Afonso Marangoni